[Resenha] Ladrões de Elite


Ladrões de Elite
Série Heist Society Livro #1
Autor: Ally Carter
Editora: Arqueiro
Skoob
Onde comprar: Livraria da Folha

Sinopse: Quando tinha 5 anos, Katarina Bishop distraiu os guardas da Torre de Londres para que o pai pudesse roubá-la. Aos 7, ela ouviu o tio Eddie planejar a interceptação de 80% do caviar do planeta. Quando fez 15 anos, Katarina armou um golpe por conta própria - um esquema para entrar no melhor colégio interno dos Estados Unidos e deixar para trás os negócios da família. Só que trocar de ramo e ter uma vida normal acabou sendo mais difícil do que Kat esperava. Hale, seu amigo charmoso, bilionário e antigo comparsa, logo aparece para levá-la de volta à realidade da qual ela havia se esforçado tanto para fugir.

Mas é por um bom motivo: uma inestimável coleção de arte de um temido mafioso foi roubada e ele quer recuperá-la, custe o que custar. Somente um mestre do crime poderia ter realizado essa proeza e o pai de Kat é o único suspeito, embora insista em negar qualquer envolvimento. Encurralado entre a Interpol e um inimigo assustador, ele precisa da ajuda da filha. Para Kat, só existe uma saída: encontrar os quadros e roubá-los de volta. Não importa se parece impossível, se ela não tem pistas do ladrão e se o prazo é de apenas duas semanas. Com uma equipe de adolescentes talentosos e uma mãozinha da sorte, Kat está determinada a realizar o maior golpe da história da família e provar que jamais a abandonou. 


Oi genteee! Tudo bom?

Hoje vou trazer a resenha de um livro que está parado aqui na estante há muito tempo. E, agora que eu li, fiquei pensando: "Porque raios deixei esse livro parado?1"

= = = Resenha = = = 


Ladrões de Elite é uma história gostosinha e rápida se der lida. Perfeita para aqueles momentos de ressaca (meu caso hehe).




Katarina Bishop é uma sortuda adolescente de 15 anos que, no último momento, conseguiu uma vaga na mais concorrida e bem conceituada escola de Londres, o Colégio Colgan. Mas, está preste a ser expulsa, injustamente; acusada de destruir na fonte da escola o carro do diretor, um mísero Porsche-gate.

"Houve um tempo em que a garota responsável por isso, aquela mesma candidata que dera a sorte de conseguir uma vaga de última hora poucos meses antes, teria a decência de admitir o que fez e abandonaria a escola com o rabo entre as pernas. Mas, infelizmente essa época, assim como o carro do diretor, já era."




Lugares super concorridos e bem conceituados, carros caríssimos, joias e quadros milionários passam pelas páginas com naturalidade. Isso porque Katarina, ou Kat como ela prefere, é uma ladra de quadros famosa e muito bem sucedida. Então, para quem sabe todos os segredos do Museu do Louvre burlar um sistema de admissão de alunos numa escola é moleza.





Porém, ser expulsa da escola é o menor de deus problemas. Seu pai, também ladrão de quadros, está sendo acusado de roubar cinco quadros de um magnata (e nada honesto) italiano. Ou Kat consegue recuperar os quadros ou seu pai morre.

"Apenas analisou a questão de todos os ângulos e chegou à conclusão de que tio Vinnie tinha toda a razão e que suas opções eram basicamente duas: a Colgan agora ou a cadeia no futuro."




A trama é bem simples e um tanto quanto surreal que um grupo de adolescentes consiga fazer tudo o que eles fazem.  Mas, é tudo tão inteligente. a sociedade de ladrões e estelionatários  é tão bem criado que você entra e acredita na história numa boa. Sem contar que ele dá uma aulinha de história enquanto passeamos por quadros e museus (que provavelmente nunca vou visitar. chora em posição fetal)




O livro faz parte de uma série que, infelizmente, a Arqueiro não vai dar continuidade. Mas, o primeiro volume tem sua história e não deixa nenhuma lacuna para ser resolvida em outros livros.




Não deixem de ler! 




Divirtam-se




Fico por aqui pessoal!

Beijosss










Post válido para o TOP COMENTARISTA do mês de MARÇO/2017

10 comentários :

  1. Oi Tays!!!
    Achei uma historia bem gostosa mesmo para passar uma tarde bem tranquila lendo, fiquei até com pena da protagonista por ter que passar por esse tanto de sustos e ter uma família um tanto maluca, mas a graça do livro está bem na família, puxa que pena eu não ter conhecido a série que a editora não vai dar continuidade é triste.
    Até mais!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi.
    Que livro incrível, é a primeira vez que vejo falar mas já estou super curiosa para ler, a personagem é digna de pena quanta má sorte hem.
    Adorei e não poderia deixar de ler.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Estava precisando de uma livro para ler na ressaca literária, estou tão cheia de coisas para fazer que quando pego um livro, não consigo ler nem 20 páginas que já quero deitar e descansar, achei a história desse livro bem legal, fiquei pensando em como uma menina de 15 anos conseguiria fazer um esquema tão detalhado, mas se você diz que na história tudo fica bem explicado e de forma inteligente, vou ser obriada a ler.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Tays, tudo bem?
    Que pena que a Arqueiro não vai continuar a série, eu achei tão legal a história deste primeiro livro. Só não gostei muito da capa, mas a premissa é muito legal.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá, a autora construiu uma trama simples e fácil de ser entendida, apesar da premissa não ser tão criativa. Fiquei curioso para ler, beijos.

    ResponderExcluir
  6. Tays!
    Uma pena a editora não lançar mais os outros livros da série, né?
    Adorei todo enredo e a trama familiar de ladrões, onde a filha vai ter de encontrar os quadros roubados e roubá-los novamente para provar a inocência do pai.
    “Não confunda jamais conhecimento com sabedoria. Um o ajuda a ganhar a vida; o outro a construir uma vida.” (Sandra Carey)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Tays!!
    Já li algumas resenhas sobre esse livro e devo confessar que a premissa da história é muito legal!! Gostei bastante da história envolver toda a família e que todos tem uma uma função especificar nos roubos!! É uma pena que a editora não de continuidade a série!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  8. Realmente esta parece ser uma história bem legal, embora pareça um enredo bem irreal mesmo. Fiquei bem curiosa para saber se a protagonista consegue salvar o pai, roubando novamente os quadros. Uma pena a série toda não ser traduzida, mas pelo menos não existem lacunas para o próximo livro. Gostei muito da dica e resenha.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  9. Seremos duas chorando em posição fetal pelos quadros e museus que nunca iremos ver, mas quem sabe um dia kkk. Cara eu lembro quando esse livro foi lançado e o burburinho que surgiu em relação a ele mas ele pra mim caiu no esquecimento. Agora eu to aqui me perguntando porque eu não dei a devida atenção a esse livro. Obrigada pra abrir os meus olhos.

    ResponderExcluir
  10. Oi Tays, tudo bem? Enquanto lia sua resenha fiquei me perguntando como esses jovens seriam capazes de tudo isso. Mas entendi que não preciso pensar em "termos técnicos" né. Só preciso sentar e apreciar a história. Imagino que a obra deva conter muitas coisas interessantes sobre arte. Gosto muito quando o autor faz o dever de casa.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! Ele me deixa muito feliz!