[Resenha] Cilada para um Marquês





Resultado de imagem para cilada para um marques

Cilada para um Marquês
Livro 1 – Escândalos e Canalhas
Autor: Sarah Maclean
Editora Gutenberg
Onde comprar: Amazon – SaraivaSubmarino  (ajude o blog a se manter, utilize nossos links de divulgação de compra).


=== Resenha ===


Oi amooores!

Me empolguei nas resenhas da Sarah Maclean ne? Prometo que este é o último dela que li e, provavelmente, teremos outro autor na minha próxima resenha. Só não garanto não ser de romance de época.

Em Cilada para um Marquês conhecemos Sophie Talbot, a filha mais nova de um novo Conde e sofre as consequências de sua educação mais simples, pois todas as suas irmãs cometeram alguns delitos diante da Sociedade o que as condena aos olhos da maioria dos aristocratas.
Conhecidas como as irmãs Perigosas, pois dizem que forjam situações para conseguir maridos bem-sucedidos.
Sophie é um pouco diferente das mais velhas, pois não procura por escândalos, porém isso não significa que não tenha uma personalidade forte e que a colocará em situações complicadas.


“Elas nunca enxergaram a verdade — que as irmãs Talbot poderiam se casar com príncipes da família real e mesmo assim não seriam bem-vindas na Sociedade. A aristocracia tolerava sua presença porque não podia se arriscar a perder a inteligência do novo conde, ou os fundos que vinham com cada uma de suas filhas. Casamento era afinal, o negócio mais lucrativo na Inglaterra”.


Após um acesso de raiva, onde além de derrubar um Duque em um laguinho, ela o humilha diante de toda a aristocracia, a senhorita Talbot ainda foge, vestida de criado (com calças e tudo) e se envolve em um dos maiores escândalos que as Talbot já viveram.
Coitado do Rei que é arrastado a tudo isso sem nem perceber.


"— Ninguém gosta de mulher com ideias, Sophie respondeu, ecoando as palavras que tinha ouvido dezenas de vezes da mãe. – Eu acho que ela deve imaginar que os livros fazem pensar.
— E fazem. Os bons. – Rei disse”.


Rei – e não vou revelar o nome completo dele, porque foi bem legal descobrir durante a leitura o motivo desse apelido – é um Marquês. Conhecido como libertino e sem honra, pois constantemente é flagrado com senhoritas comprometidas, tornando o futuro enlace péssimo para o noivo, o que causa a separação do casal.
É em uma situação constrangedora que ele e Sophie se encontram pela primeira vez, mas, diferente do que ela imaginava que seria, a donzela desonrada não parece alarmada por ter sido descoberta. O que intriga, e muito, a protagonista.

“Vagamente, ocorreu-lhe que outras pessoas pensavam que o amor era uma experiência agradável, cheia de rosas, pombas, doces e outras coisas. Era óbvio que essas pessoas tinham as cabeças ocas. Porque ela amava desesperadamente o Marquês de Eversley e não havia nada de agradável nisso”.

Entre situações completamente inesperadas, embaraçosas, tiros, sangue e muitos desencontros, Sarah nos apresenta mais uma trama diferenciada e única. Tanto Sophie como Rei nos surpreende com sua carga de vida e seu amadurecimento durante a história. É impossível não torcer para que tudo se desenrole bem e logo.

Apenas o final que achei alguns obstáculos desnecessários, mesmo assim, Sarah me ganhou mais uma vez. Já estou ansiosa para conhecer o próximo livro dessa série!

A revisão estava impecável desta vez e a capa não condiz muito com a obra, porém é linda e chamativa, um dos motivos que me fez comprar o livro na Bienal do ano passado.

Não quis revelar muito, pois esse é um daqueles livros que vale a pena descobrir enquanto lê, principalmente com o tanto de reviravoltas que a história possuí. Vocês se depararam com muitas cenas inesperadas antes de suspirar com o final.

Espero que tenham curtido essa resenha e que voltem sempre haha.




Beijoo,




POST VÁLIDO PARA O TOP COMENTARISTA DE MARÇO




8 comentários :

  1. Já li resenhas bem positivas a respeito, um bom romance de época com uma pitada de humor fazendo o leitor morrer de rir e com altas reviravoltas gostei da protagonista ser diferente das irmãs e não querer a mesma ambição isso torna a história ainda mais especial.
    Abraço!!!

    ResponderExcluir
  2. OI.
    Fiquei curiosa para conhecer a história.
    Adorei essa premissa é diferente do que vemos por ai de uma maneira positiva, esses desencontros me desanimou um pouco, mas nada que me faça desistir da leitura.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Mari!
    Que situação vexatória para o Rei, hein?
    Deve ser um livro engraçado de se ler e ao mesmo tempo, cheio de romantismo.
    Não me importo que traga mais resenhas dos livros da Sarah ou de romances de época, porque adoro!
    Semaninha cheia de felicidade!!!
    “Não ganhe o mundo e perca sua alma; sabedoria é melhor que prata e ouro.” (Bob Marley)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Oi Mari, tudo bem?
    Eu adoro romances de epoca, mas infelizmente não tive a oportunidade de ler nada desta autora. Achei a história do livro bem divertida e quero muito conhecer estes personagens e saber mais sobre o desenrolar da história.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá, vejo que essa é uma história de tirar o fôlego. Adoro livros com reviravoltas bombásticas, esses são os melhores pois prendem do começo ao fim. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Não gosto muito do gênero, mas estou gostando de conhecer as obras. Gostei do enredo desta obra, e fiquei bem curiosa para descobrir que é esse Rei. Ótima resenha.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  7. Ohhh mana eu li esse livro e achei ele maravilhoso, essa escritora sabe como nós prender em seus livros com enredos maravilhosos, nada melhor que um romance de época com uma história nada convencional. Eu mal posso esperar para ler a história das irmãs, já que cada uma tem um jeito escandaloso diferente kkkkk Obrigada por essa resenha maravilhosa.

    ResponderExcluir
  8. Oi Mari, eu morri de rir ao tentar imaginar a cena em que ela derruba ele em um laguinho e ainda foge vestida daquele jeito. Pode fazer quantas resenhas você quiser de romances de época porque eu também adoro esse gênero literário viu.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! Ele me deixa muito feliz!